Mais que uma consultora!

Os eventos são uma atividade ligada a tantas áreas fundamentais da sociedade moderna que se torna difícil quantificar toda a extensão da sua importância. Economicamente representam milhões de postos de emprego. São cruciais em termos de divulgação cultural, com implicações diretas na identidade dos povos. Socialmente, dão sentido à vida das pessoas. A crise pandêmica e a suspensão desta atividade, tornou evidente que não se pode continuar a vida sem a volta dos eventos. 

A Passe-19 resulta de uma joint venture a partir de empresas das áreas de saúde e tecnologia que desde o início da crise pandêmica se viram extremamente envolvidas na solução da mesma. Foi do acumular de experiências que surgiu a ideia de criar uma solução integral para resolver a urgente necessidade de se retomar os eventos de forma segura. 

  • Compliance de Segurança Covid-19 
  • Tecnologia de última geração
  • Logística dimensionada
  • Rede de testagem adequada
  • Controle de preços
  • Relatórios e tele-vigilância
Passe 19 consultoria para eventos covid-19

Voltar ao eventos sim, mas com segurança!

Da mesma forma que é claro que os eventos têm de voltar, é evidente que isso não pode significar nenhum aumento de risco em termos de saúde pública. A Passe-19 baseou-se em várias experiências europeias para desenvolver uma conformidade que torne seguro a realização de eventos.

A TESTAGEM EM MASSA PODE AJUDAR NO COMBATE À PANDEMIA
O melhor caso de estudo da utilização de uma estratégia de testagem massiva vem da Eslováquia: Durante um período de 2 semanas, 80% da população foi testada usando testes rápidos de antígeno. Com 50.000 casos identificados, combinados com outras medidas de saúde pública, reduziu a incidência do vírus em 82% dentro de 2 semanas. Nesse sentido, a iniciativa privada, através de eventos com testagem obrigatória poderá dar uma ajuda decisiva através do estímulo da testagem, identificando assintomáticos e permitindo assim o seu isolamento e tratamento, com a natural redução do número de infecções. 

Tipos de eventos 

Pequeno ou grande, o que importa é a segurança!

EVENTOS CORPORATIVOS

Proteger o seu evento é proteger a sua marca!

  • Evite responsabilidades judiciais garantindo a segurança de todos os participantes do seu evento.
  • Proteja a sua empresa de críticas apostando nas melhores medidas de segurança Covid-19.
  • Com a Passe-19 você assegura um processo de verdadeira conformidade de uma forma totalmente viável.
Passe-19 Evento Corporativo
casamentos passe-19 covid-19
Celebrações

Naqueles dias em que vamos celebrar um casamento, um batismo, um aniversário ou outra data memorável é bom garantir a segurança de todos os presentes. A pré-testagem é uma forma de assegurar que a memória de uma celebração especial será inteiramente feliz e que o Covid-19 não é convidado para a festa.

Feiras e congressos

A indústria de feiras e congressos é essencial para toda a atividade econômica e a sua importância é tão vasta que se torna difícil de quantificar. Possibilita encontros de empresas, facilitam negócios e exportações, potenciam trocas de massa crítica como em nenhuma outra atividade. Tem ainda a particularidade e o desafio de juntarem milhares de pessoas de forma concentrada provenientes de muitas áreas do globo. Por esse motivo, carecem de um cuidado adicional e necessitam em absoluto de um compliance detalhadamente pensado.

casamentos, batizados, festas passe-19
Eventos culturais

Os eventos de caráter cultural também têm várias variáveis, que obrigam a soluções diferenciadas. A dimensão do artista, ser indoor ou exterior, sentado ou em pé, quantidade de acessos ao recinto, são apenas algumas dessas variáveis. Por esse motivo a Passe-19 desenvolveu vários protocolos dinâmicos, sempre acompanhados da testagem massiva, para assegurar a máxima segurança.

casamentos, batizados, festas passe-19
Eventos ao ar livre

Eventos ao ar livre podem parecer mais simples pois havendo mais espaço e mais circulação de ar o risco de contágio fica por si só diminuído. No entanto, acrescentam novos desafios como por exemplo o controle de acessos ou a inexistência de equipamentos de higienização. Para além da necessidade da pré-testagem.

Segurança com exigência máxima

A segurança, para ser alcançada, deve ser trabalhada em multifatores, de modo a permitir vários níveis de prevenção. Tanto mais que num evento o distanciamento social torna-se bastante difícil de ser garantido. A pré-testagem resolve grande parte do problema. Mas não descuramos de outros fatores, pois não existe segurança a mais.  

testes rapidos passe-19
Todos Testados

O primeiro nível de segurança! O Rapid-test assegura que os participantes não estão em fase de contágio, com sensibilidade superior a 92% e especificidade a chegar aos 99,9%. A experiência europeia demonstra que a testagem em massa ajuda no combate à pandemia, uma vez que passam a ser identificados os assintomáticos, um grupo de contágio extremamente ativo.

Rede_testagem_Passe-19
Rede de Testagem

Para a eficácia da operação é necessário que os pontos de testagem sejam proporcionais ao número de pessoas esperadas no evento. A testagem é um momento crítico porque as pessoas que se dirigem para isso ainda não sabem se são ou não agentes de contágio. Por esse motivo a Passe-19 utiliza software de agendamento, ligado a rede de farmácias e a fornecedores de unidades móveis de modo a organizar os horários e fluxos de pessoas em cada localização. 

Forma Simples de Comunicar
Uma Forma Simples de Comunicar

A única forma de se poder garantir o bom funcionamento de uma operação de pré- testagem é através da tecnologia. Por esse motivo a Passe-19 utiliza o SnapTest, uma solução que permite o agendamento online, organizar toda a logística, ligar a rede de testagem que se desenha para cada evento e comunicar essa rede diretamente para o celular dos participantes do evento. Assim se evitam as aglomerações durante as testagens e, mais importante ainda, comunica-se o resultado de maneira a que os positivos sejam imediatamente encaminhados para casa e não cheguem a comparecer ao evento.

Logistica Civid-19
Logística no Terreno

Dependendo das características de cada evento, surgem necessidades específicas que têm de ser implementadas: distribuição de máscaras, desinfetante, colocação de pontos móveis de testagem (drive e walk thru), enfermeiras ou entrega dos testes rápidos definidos no compliance.

Controle de acessos covid-19
Controle de Acessos

Uma parte crucial da operação. Com a Passe-19 e através do SnapTest conseguimos enviar para o celular dos participantes o resultado do seu teste rápido informando por um lado, se estão negativos e desse modo fornecendo uma prova de entrada e, nos casos de resultado positivo, oferecendo as instruções de como proceder de acordo com os regulamentos sanitários da região para a qual se destina o evento. 

Passe 19 segurança extra
Segurança Extra

Mesmo com a pré-testagem, no caso dos eventos de maior dimensão, podem ser necessárias algumas medidas extra. Material de desinfecção continua a ser necessário porque embora o teste rápido estabeleça que o participante não se encontra em fase de contágio, o Covid-19 resiste em superfícies (por vezes por mais de 72 horas), o que significa que as pessoas podem transportá-lo nas mãos (por exemplo). Por esse motivo promover a desinfecção e até - em alguns momentos do evento - o uso de máscaras (homologadas e novas) aumenta ainda mais a cintura de segurança oferecida pela Passe-19.

Disclaimer: Importante aviso de segurança!

Os procedimentos e recomendações da Passe-19 seguem as diretrizes, pilotos e estudos mais recentes praticados na Europa. Em nenhum momento pretendem excluir as recomendações publicadas pela OMS, Ministério da Saúde ou pelas Entidades Governamentais locais, sendo estas a base orientadora do trabalho da Passe-19. O compliance seguido pela Passe-19 não poderá de modo algum gerar conflito com as leis gerais do trabalho, segurança no trabalho ou convenções coletivas.
A Passe-19 garante a qualidade e rigor do seu compliance, assim como dos aspectos que implemente desse compliance mas, em nenhum momento, o produtor do evento deverá deixar de ser responsável pelo bom cumprimento das normas e regulamentos sanitários locais.  

PERGUNTAS FREQUENTES

Aqui poderá encontrar algumas das dúvidas que possa ter sobre Conformidade para Covid-19. Se não encontrar a sua dúvida esclarecida, coloque-nos uma questão por email. Teremos todo o prazer em responder com brevidade e ficaremos gratos pela sua colaboração.

Não. Testes rápidos de antígeno não detectam a composição genética do vírus, como fazem os testes de PCR, e sim as proteínas presentes. São como testes de gravidez, com margens de certeza superiores a 93%. São balizadores como preditores de uma infeccção por COVID 19 e da possibilidade de replicação viral e consequentemente de a pessoa ser transmissora do vírus. Para fins da realização de um evento o que precisamos de determinar é que a existência de um evento que reúne pessoas não necessariamente contribui para o aumento de contágio.

Varia de teste para teste. No caso da Passe-19 apenas recomendamos testes com fiabilidades de resultado acima dos 93%.  

Com a pré-testagem e algumas medidas adicionais não aumentam, desde que se monte uma operação logística que evite aglomerações, antes da testagem. A partir do momento em que as pessoas estão testadas, desde que dentro de um timeline seguro, o risco de contágio é muito baixo. O efeito acessório é que, por causa do evento estimular a testagem torna-se possível a identificação dos assintomáticos, que são o grupo de pessoas que mais provocam contágio por desconhecerem que são portadores da doença. O que significa que os eventos, de algum modo podem ajudar a identificar possíveis portadores e orientar o isolamento adequado deles, ajudando de alguma maneira a diminuir a disseminação do vírus.

Sim, no sentido que procedemos as nossas propostas de conformidade seguindo as diretrizes da OMS e os pilotos realizados na Europa. Em relação aos testes rápidos também escolhemos apenas aqueles cujos resultados têm comprovação científica e que fazem parte da lista, por exemplo, da Infarmed, autoridade que regula o medicamento  e produtos de saúde em Portugal. Além disso temos dentro da nossa força consultores médicos e um parceiro na área hospitalar.

Não. Existe uma adequação à escala do evento e também às características específicas do tipo de evento. Ar livre ou indoor, sentado ou de pé, com ou sem circulação, necessidade de trocas materiais (como acontece num congresso ou num aniversário), número de acessos ao recinto e até a forma de se chegar ao evento são apenas exemplos de fatores de diferenciação.

Como o nosso trabalho começa pela construção de um documento orientador com as regras de segurança adequadas ao evento e como essas regras seguem orientações internacionais com total fundamentação científica, a Passe-19 acaba facilitando a defesa do evento e o seu consequente lincenciamento.

Depende da escala e complexidade do evento. Quando pede um compliance de segurança Covid-19, enviamos um questionário com as informações necessárias e de seguida apresentamos uma proposta com valores e um descritivo do que pretendemos aplicar. No caso de aprovação, é cobrado o valor do compliance que, numa segunda fase, caso a implementação seja feita pela Passe-19 é subtraído do valor final.

São as localizações onde se pode efetuar a testagem rápida. Algo crucial porque o grande desafio é não permitir ajuntamentos e aglomerações antes de se proceder à testagem. O número de localizações tem de ser suficiente para a quantidade de público desejado, ter um formato variado para mitigar o risco (walk thru, drive thru e pontos fixos) e estar disponível num sistema que informe o público pelo seu celular, permita o agendamento assim como a comunicação do resultado.

A sensibilidade dos testes rápidos é menor do que dos testes moleculares. Por esse motivo, podem indicar falsos negativos em pessoas portadoras de baixa carga viral. Daí não se poder afirmar que o negativo não tenha covid-19 mas ser substancialmente seguro afirmar não ter carga viral suficiente para ser contagioso. Os falsos positivos são mais raros também podem ocorrer embora nesse caso sejam perturbadores para quem recebe o resultado mas não representarem nenhum perigo. Um positivo deve por isso efetuar imediatamente um teste molecular, assim como um negativo que apresente sintomas deve isolar-se e imediatamente proceder a um teste laboratorial.   

Atualmente, estima-se que o período de incubação da doença (tempo decorrido desde a exposição ao vírus até ao aparecimento de sintomas) seja entre 1 e 14 dias. Na maior parte dos casos os sintomas começam a surgir entre o 3º e o 5º dia.

A vacina reduzirá o risco de desenvolver complicações pela covid-19, mas ainda não está claro seu impacto na infecção pelo vírus. Indivíduos vacinados têm menor risco de complicações, mas é possível que pessoas vacinadas venham a se infectar e transmitir a doença mesmo que não desenvolvam sintomas ou desenvolvam sintomas leves. Desconhece-se ainda se estar vacinado impede infeção assintomática. As vacinas protegem contra a doença, mas não necessariamente contra ser “portador” e transmitir o vírus, sem apresentar sintomas. As máscaras e o distanciamento evitam que possamos infetar outras pessoas caso sejamos “portadores” do vírus sem o saber.

A pessoa pode transmitir a infecção cerca de um a dois dias antes do aparecimento dos sintomas, no entanto, a pessoa é mais infecciosa durante o período sintomático, mesmo que os sintomas sejam leves e muito inespecíficos. Estima-se que o período infeccioso dure de 7 a 12 dias em casos moderados e até duas semanas, em média, em casos graves.

EQUIPE PASSE-19

A Passe-19 é uma empresa multidisciplinar. Com muita gente envolvida, de várias áreas diferentes, tem como representantes de cada área relevante um grupo de pessoas experientes.

Miguel Corte Real
Miguel Corte-Real
Comunicação 

Responsável pela comunicação entre todos os intervenientes no processo. Como publicitário de carreira, apoia o esforço dos clientes Passe-19 em comunicar os seus eventos.

Jeannine Cantarelli produtora Passe-19
Jeannine Cantarelli
Produtora Executiva  

Com mais de 30 anos de experiência, foi produtora de eventos de grande escala como o Festival de Verão de Salvador, a Tour da Tocha Olímpica ou o Ano do Brasil na França. Assegura que os procedimentos funcionem em harmonia com as necessidades, operacionalizando a eficiência logística das equipes de produção, do público e do evento.

Mirella Park Passe-19
Mirella Park
Gestora de Eventos

Publicitária de formação que atua na área de eventos há 13 anos, se especializando no mercado de eventos sociais, como casamentos e grandes celebrações. Sua contribuição é fazer a ponte entre a necessidade de uma retomada segura com a aplicação da conformidade sanitária e uma experiência feliz para todos os participantes.

Janah Cardoso Passe 19
Janah Cardoso Silva
Gestora de Saúde

Gestora da Pública, sócia proprietária da Minha Clínica, atuando na Gestão da Saúde há 13 anos em Alagoas.
Representante operacional no Nordeste do Brasil, atuando com uma equipe especializada multidisciplinar nos eventos e com um ponto de atendimento físico em Maceió – AL. 

Hugo Melim Passe-19
Hugo Melim
TI - Product Owner

Product Owner do SnapTest, a solução tecnológica utilizada pela Passe-19. É responsável pela manutenção e bom funcionamento da ferramenta que regula os agendamentos da testagem massiva e que permite ainda organizar a operação em termos de sistema de gestão e de emissão de relatórios.

Bruno Pereira Passe-19
Bruno Pereira
Covid-19 Compliance

Responsável pela adequação e aplicação do compliance de segurança sanitário para cada tipo de evento, de acordo com a dimensão e segundo os parâmetros europeus.

PARCEIROS

penguin Logo
SnapTest
Mirella Park
Grupo Bisutti
Abrafesta Logo
Minha clinica passe 19
DPO-One Logo
Passe-19 - Consultoria para eventos seguros

ESCRITÓRIOS

Portugal
Avenida da Liberdade, 230, 1º Andar
1250-148 Lisboa

Brasil
Rua Pitu 72, cjt. 121
04567-060 - São Paulo - SP


  • ATENDIMENTO

  • (PT) (+351) 213 471 301

  • (BR) Telefone:  (+55) (11) 3230-6570
  • (BR) whatsapp: (+55) (11) 93959-8768
  • contato@passe19.com